Posts Em Destaque

Queloide - O que é?

Entenda o que é queloide e saiba como tratar essas cicatrizes.

 

Quando uma pessoa passa por uma cirurgia, sofre um acidente, ou deseja reverter tatuagens, ela pode desenvolver uma marca de cicatrização que conhecemos como queloide. Essa cicatriz costuma ser avermelhada e endurecida, mais espessa do que o normal, e pode causar desconfortos e coceiras, além do incômodo estético.

 

Mais comuns em pessoas com pele negra, orientais ou em quem tem predisposição genética, o queloide pode ser evitado. Existem também alguns tratamentos estéticos eficazes para minimizar a vermelhidão e o relevo da cicatriz. Mas, antes de saber como tratar esse problema, vamos entender um pouco melhor o que causa essa má cicatrização.

 

O que é o queloide?

O queloide é uma cicatrização imperfeita que surge por uma produção excessiva de colágeno, que vai além do necessário para reparar a lesão. Essa resposta exagerada do organismo a um trauma resulta no crescimento anormal de tecido durante a cicatrização, que passa a ocupar uma área maior do que deveria.

 

Apesar de ser mais comum que o queloide apareça após um procedimento cirúrgico, lesão ou queimadura, existem casos em que pode ocorrer também devido a tatuagens, acne e, até, mesmo furos na orelha. A marca pode incomodar e apresentar coceiras, mas não costuma trazer complicações médicas, sendo um problema de ordem estética e que afeta, principalmente, a autoestima da pessoa que sofre com essa cicatrização.

 

Como evitar o surgimento do queloide?

O primeiro passo para prevenir o desenvolvimento do queloide - para quem já sabe que tem uma predisposição - é evitar algumas situações que possam induzir à má cicatrização. Piercings e tatuagens, por exemplo, são causas comuns que podem levar a esse quadro e, o que era para ser um bonito, pode acabar se transformando em uma lesão na pele.

No entanto, em casos inevitáveis, como cirurgias e acidentes, os cuidados devem ser redobrados durante a cicatrização. Os procedimentos pós-cirúrgicos para cuidar da área lesionada devem ser seguidos com atenção, e o médico deve ser alertado sobre a predisposição do paciente ao desenvolvimento do queloide. Dessa forma, ele poderá instruir sobre a melhor forma possível de tratar a ferida para minimizar os danos.

Existem bandanas e fitas cirúrgicas que comprimem a região operada e ajudam na cicatrização e que devem ser usadas conforme as orientações médicas. Alguns cremes ou géis também podem ser usados, também seguindo as recomendações de um profissional.

 

 

Queloide tem tratamento?

Mesmo com as prevenções, a cicatriz ainda pode acabar aparecendo (claro que, nesses casos, ela será bem mais branda). Mas, sem desespero! Existem algumas alternativas que podem melhorar bastante a aparência das marcas:

  • Pomadas: alguns medicamentos de uso tópico ajudam a deixar a cicatriz mais “lisa” e com uma aparência mais discreta. Lembrando que, antes de começar a usar qualquer produto, é sempre importante entrar em contato com um especialista. 

  • Radioterapia/Betaterapia: esse procedimento pode diminuir a atividade celular na área cicatricial e melhorar o queloide.

  • Laser: os tratamentos a laser podem ser indicados em alguns casos, tendo grande eficácia na melhora da aparência de cicatrizes.

Para saber qual o melhor tratamento para seu caso, é muito importante que você converse com um especialista e tire todas as dúvidas. Dessa forma, você poderá ser orientado a realizar o procedimento mais adequado para suas necessidades.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Lipoaspiração emagrece?

08/01/2018

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags