Posts Em Destaque

A importância da cinta modeladora após a cirurgia

A sua cirurgia foi um sucesso. Você escolheu um profissional qualificado, realizou os exames pré-operatórios e seguiu todas as recomendações do cirurgião para que sua operação fosse realizada com segurança.


Muita gente acha que, a partir daí, é preciso apenas esperar o período de recuperação passar sem tomar nenhum cuidado específico. Mas, em alguns tipos de cirurgia, existe um acessório que é fundamental no pós-operatório e que pode ser decisivo para o bom resultado do seu procedimento: a cinta modeladora.


Depois de quais cirurgias é importante usar a cinta?

Geralmente, o médico recomenda o uso da cinta modeladora após as cirurgias de lipoaspiração e abdominoplastia.


Por que é tão importante?

A cinta modeladora tem a função de fazer uma pressão leve e controlada na região operada. Assim, o acessório mantém a pele firme, molda o contorno do corpo e colabora para que a paciente consiga permanecer ereta.


Já imaginou perder gordura e depois ficar com a pele flácida? A cinta modeladora vai ajudar a manter a firmeza da pele e da barriga, justamente por fazer compressão no local.


A cinta modeladora também vai ajudar a paciente a se manter ereta e não se sentar de qualquer maneira. A postura errada após a operação prejudica não só os resultados estéticos, mas também a saúde da paciente.


Quais cuidados devo tomar?

O primeiro cuidado é perguntar ao seu cirurgião qual tipo de cinta modeladora é mais indicada para a cirurgia que você vai fazer. Feito isso, procure por um material de qualidade e siga todas as recomendações de uso e higienização.


Outra dica: a cinta precisa pressionar, mas não pode te apertar. Uma cinta modeladora que aperta a paciente pode causar dores e marcas estéticas indesejáveis. Confira sempre se a cinta modeladora está confortável e ajustada corretamente em seu corpo.


Por quanto tempo devo usar?

Depende, não é possível prever um tempo máximo. O período pode variar de paciente para paciente, dependendo da cicatrização, flacidez e também da acomodação da pele ao novo contorno corporal. Tudo isso deve ser acompanhado pelo seu médico.


Onde encontro?

Principalmente em lojas de lingerie, clínicas e lojas de produtos ortopédicos.


Algumas dicas espertas!

- Escolha uma peça com zíperes e fechos de fácil acesso. Ninguém merece fazer malabarismos para colocar e retirar o acessório.

- Preste muita atenção ao tecido da cinta: deve ser respirável, antimicrobiano e durável.

- Se você nunca usou a cinta modeladora ou não gosta de acessórios desse tipo, o recomendável é que você “eduque” o seu corpo antes da cirurgia. Comece a usar calças e shorts que sejam na altura do umbigo. Assim, você não irá estranhar tanto o uso da cinta modeladora no pós-operatório.

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
Dr. Alexander Nassif

CRM-MG 39.633  RQE 25.200

Voltar ao topo