Posts Em Destaque

Radiação infravermelha no combate à celulite

Exame usado para diagnosticar alterações corporais está sendo usado para avaliar tratamentos de gordura corporal e qualidade da pele.


Caso você seja mulher e tenha mais de 20 anos, a possibilidade de apresentar celulite é de 90%, segundo estimativas da área médica. Somente no Brasil, mais de 85 milhões de mulheres relatam sofrer com o problema, enquanto apenas 2% dos homens são acometidos por ele.


A sorte é que, com o crescente avanço da ciência, várias técnicas estão sendo utilizadas para tratar a celulite, que promove alteração do relevo e uma aparência de “casca laranja” ou “colchão” à pele.


A termografia, por exemplo, é um método não invasivo que detecta a luz infravermelha emitida pelo corpo e permite a visualização das mudanças de temperatura corporal relacionadas à alteração no fluxo sanguíneo cutâneo. Agora, o exame está sendo usado com sucesso na avaliação da celulite, além de auxiliar no tratamento.


Na área da estética, a termografia pode ser usada, além do diagnóstico mais detalhado da celulite, no acompanhamento dos tratamentos de redução de gordura corporal e melhora da qualidade da pele, personalizando o atendimento e facilitado a obtenção de resultados mais eficazes e satisfatórios.


O aparelho usado para realizar o exame não é invasivo e capta o calor emitido em diversos pontos do corpo, além de ser indolor e sem radiação ionizante. A técnica também capta e registra imagens​ hiporradiantes​, como as observadas em regiões do corpo que foram tratadas com aparelhos de criolipólise.


Dessa forma, a paciente receberá o melhor tratamento para sua composição corporal.


Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
Dr. Alexander Nassif

CRM-MG 39.633  RQE 25.200

Voltar ao topo