Posts Em Destaque

Intimidade renovada: como a cirurgia íntima pode ajudar?

Muitas vezes considerado um tabu entre homens e mulheres, a cirurgia íntima vem ganhando espaço nas rodas de conversa e também na mídia. Talvez porque muitas famosas já assumiram ter feito algum tipo de cirurgia íntima, mas também porque cada vez mais pessoas descobrem que ela pode ajudar a resolver problemas relacionados ao sexo e à autoestima.

 

Recorrer à cirurgia íntima para resolver algo que te desagrada não deveria ser motivo de vergonha ou constrangimento. É algo tão natural quanto recorrer à cirurgia plástica para colocar um implante de silicone ou fazer uma lipoaspiração.

 

Os pacientes que superam a vergonha e procuram um cirurgião plástico, conseguem bons resultados, aumentando a autoestima e, em alguns casos, até tendo mais prazer e conforto nas relações sexuais.

 

Para elas

A ninfoplastia visa corrigir o aumento excessivo dos pequenos lábios vaginais. Algumas mulheres ficam tão incomodadas que até evitam tirar a roupa na frente de outras pessoas ou param de ter relações sexuais. Em alguns casos, os pequenos lábios chegam até a obstruir mecanicamente o ato sexual, resultando em dores e pequenos machucados na região.

 

A cirurgia plástica pode ajudar diminuindo e tornando mais simétricos os pequenos lábios vaginais, trazendo mais conforto e autoestima à paciente.

 

Outra cirurgia bastante comum é a de correção dos grandes lábios vaginais, que podem perder gordura ao longo do tempo e se tornar flácidos e murchos. A cirurgia vai enxertar gordura e remodelar a região. Essa gordura pode ser coletada através de uma lipoaspiração do abdome ou do púbis.

 

Em outros casos, a cirurgia pode retirar excesso de pele e/ou gordura da região, melhorando a aparência do local.

Muitas mulheres também buscam a restauração cirúrgica do hímen. O procedimento vai restaurar as partes do hímen rompido que permanecem na vagina. Ideal para aquelas que querem apimentar a relação em situações especiais como: segunda lua de mel e novos casamentos.

 

Já o procedimento de clitoroplastia serve para reduzir o tamanho do clitóris. Geralmente é indicado para resolver problemas de aparência, deformidades e dores locais. Atualmente, o uso indiscriminado de hormônios anabolizantes nas academias de ginástica tem causado este efeito colateral indesejável e irreversível.

 

Cirurgia íntima não é e nem deve ser tratada como um assunto constrangedor. Conviver com um problema que te afeta na intimidade pode levar a uma baixa na autoestima e diversos outros problemas.

 

 

Procure um médico que faça parte da  Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e descubra como ele pode te ajudar!

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Lipoaspiração emagrece?

08/01/2018

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo