Posts Em Destaque

Expandindo o olhar.




Apesar de o nome soar bem diferente, a blefaroplastia é muito mais comum do que se imagina. Mais conhecida como cirurgia de pálpebras, o procedimento é o mais realizado no país. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, só em 2015 foram registradas quase 145 mil intervenções cirúrgicas, que visaram corrigir as pálpebras caídas e o excesso de pele.


É uma cirurgia simples, rápida, com resultados que impactam bastante na aparência do paciente, por isso, tanta procura. O excesso de pele na região, ou ainda um desajuste de posicionamento, mudam as feições, tornando o olhar triste e cansado.


Bastante procurada por quem busca rejuvenescimento facial, a cirurgia pode tanto ser feita na parte superior ou inferior dos olhos. Podendo variar caso a caso. Algumas pessoas desejam levantar o olhar, outras retirar a pele que está sobrando, cada uma com uma singularidade.


​​O procedimento também pode retirar rugas e marcas de expressão da região. Geralmente, dura em torno de uma hora, com anestesia local e sedação leve, e o paciente é liberado no mesmo dia. A recuperação total dura em torna de duas semanas e inclui aplicações de colírios e bolsas térmicas.



Antes de realizar o procedimento, qualquer dúvida deve ser esclarecida com o cirurgião plástico. É importante que o paciente fale sobre suas expectativas antes da cirurgia. O papel do especialista é avaliar o que é possível corrigir e explicar para o paciente passo a passo da cirurgia.


Na hora de escolher o profissional é preciso pesquisar a respeito, pois como a intervenção ocorre ao redor dos olhos, é necessário cuidado para mantê-los intactos e não mudar o formato da fenda ocular. Para a lubrificação dos olhos, as pálpebras precisam abrir e fechar normalmente, por isso toda cautela é pouca. É preciso pensar na região como um todo.






Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
Dr. Alexander Nassif

CRM-MG 39.633  RQE 25.200

Voltar ao topo